TCE

A esquerda quer incendiar a América Latina! A esquerda quer incendiar o Brasil...

O texto do senador Humberto Costa e o vídeo do candidato derrotado do PT em 2018, Fernando Haddad, veiculados nas mídias sociais e na grande imprensa moribunda nesta segunda-feira (21), são as senhas do início de um ardiloso movimento interno no nosso país para desestabilização da ordem.

Soma-se a esse dois atos provocativos, toda a manobra que vem sendo feita dentro do Supremo Tribunal Federal para a libertação de Lula e do fim da execução penal após decisões condenatórias de segunda instância para beneficiar bandidos.

Ninguém com um pingo de inteligência e que esteja antenado, deixa essa bola passar em branco.

Por quê Gilmar Mendes suspendeu sexta-feira, por liminar, a MP do governo que desobriga empresas à publicação de balanços em jornais impressos? Pela defesa da liberdade de imprensa? Claro que não! É para ter cobertura e apoio editorial nas suas condutas. É para obrigar a iniciativa privada a dar oxigênio financeiro para esses veículos, a peso de ouro, já que as tetas do erário secaram!

Tanto é assim que ele - o ministro - rodou na mídia inteira, dando entrevistas passando por jurista e por bom moço, durante toda a semana que passou.

Decidiu para manter um canal de financiamento da mídia para alimentar a opinião pública contra Bolsonaro.

Por quê atos de insubordinação civil ganham destaque nos grandes veículos de comunicação, tais como as declarações do desajustado desse Alexandre Frota, um marginal com mandato?

Ou o saque a um caminhão carregado de carne no Rio de Janeiro?

Por quê Gilmar Mendes e outros ministros, tentam desmoralizar uma imensa maioria de Magistrados e Procuradores honrados que atuam no judiciário do país com responsabilidade e zelo?

Para criar um falso clima de descontrole social. Semear dúvidas e cizânias.

Exatamente quando?

Quando o Chile pega fogo instigado por lideranças do foro de São Paulo!

Quando a Bolívia se volta contra a eleição do caudilho Evo Morales, com a mesma base de apoio das mesmas lideranças do Foro de São Paulo.

E no Brasil?

Um estardalhaço provocado por alpinistas políticos que ascenderam ao poder na esteira de Bolsonaro - e querem, a todo custo, se manterem agarrados ao poder, pondo a mão no baleiro do fundo partidário, numa mudança de rota em aliança com o mal que queremos ver extirpado.

Inocentes úteis, não tão inocentes assim, formam uma aliança da perversidade podre!

Em que momento isso acontece?

No exato instante em que a economia começou a crescer, o desemprego cair e as taxas e índices de criminalidade decrescem.

É sim, o crime organizado reagindo!

E de forma orquestrada!

Querem o Lula solto, os líderes criminosos blindados e o país refém!

Refém do que?

De uma ideologia que foi varrida nas urnas! Da corrupção e do crime organizado.

O que está em marcha é um ensaio de caos social. Para justificar um golpe!

Com habilidade maquiavelicamente tramada e sendo posta em execução.

Não podemos nos iludir!

Será que essa escória pensa que a base social do governo é idiota?

Que a nação não está atenta?

Será que meia dúzia de ministros menores do STF e de uma minoria de parlamentares que estão sem unhas de tanto raspar os cofres tem a ilusão que o esforço que fizemos em 2018 foi em vão? E que não haverá reação?

Ledo engano!

As massas estão atentas.

Que tomem tenência!

Não haverá baderna. Não haverá golpe! Não haverá sociedade passiva, omissa ou conivente.

A situação está passando de todos os limites do razoável. E, tolerância democrática, tem fronteiras!

O STF e alguns membros do Congresso, devem respeitar a percepção e o senso de ordem da Nação.

Eles deveriam começar a olhar além dos muros dos seus castelos e das suas cortes!

A mamata acabou!

Caso contrário, quem pode ser severamente surpreendidos, são eles! A chapa pode ferver!

Quem tem olhos para enxergar que ponha um olho no peixe, e muitos nos gatos!

Luiz Carlos Nemetz

Advogado.Vice-presidente e Chefe da Unidade de Representação em Santa Catarina na empresa Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo e Sócio na empresa Nemetz & Kuhnen Advocacia.
@LCNemetz

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários