Transparência Internacional vai eleger o maior escândalo de corrupção no mundo. Vote!

Já está aberta a votação para a escolha do melhor representante da 'grande corrupção' uma disputa que envolve 15 casos escolhidos pela Transparência Internacional (TI), organização alemã que é referência mundial na luta contra crimes no setor público.
A votação está aberta até dia 9 de fevereiro no site da campanha 'Unmask the corrupt' ('Desmascare o corrupto', em tradução livre). Vote aqui.
Entre os candidatos, além da Petrobrás, também estão os casos do ex-presidente do Panamá Ricardo Martinelli e do presidente da Guiné Equatorial Teodoro Obiang, além do tunisiano Ben Ali e do egípcio Hosni Mubarak, governantes derrubados pela "Primavera Árabe", do ex-presidente ucraniano Viktor Yanukovich, da filha do presidente de Angola Isabel Dos Santos e do senador da República Dominicana Félix Bautista.
Na lista também figura o Estado americano de Delaware, por permitir o registro anônimo de empresas, e pelo comércio de jade em Mianmar. Completam a relação entidades como a estatal chinesa China Communications Construction Company, a Fifa, o Banco Espírito Santo de Portugal e a fundação pública chechena Akhmad Kadyrov.
Os quinze candidatos foram selecionados entre 383 indicações. O objetivo da TI com essa ação é mobilizar o máximo de pessoas possível na luta contra a corrupção. O resultado dos mais votados sairá no dia 10 de fevereiro. Na manhã desta sexta-feira (11), por volta das 9h, o caso da Petrobras aparecia em segundo lugar, com 2.891 votos, atrás do senador da República Dominicana Félix Bautista, com 3.917 votos.


                                https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online.  

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política