Em novo depoimento, Marcos Valério cita Lula como mandante do assassinato de Celso Daniel

“Eu virei para o presidente e falei assim: ‘Resolvi, presidente’. Ele falou assim: ‘Ótimo, graças a Deus’.”

Propina, pagamentos e recebimentos ilegais, gastos secretos e até despesas pessoais do ex-presidente Lula — tudo passava pela mão e pelo caixa de Marcos Valério Fernandes de Souza.

Por isso é o homem que provoca calafrios em Lula.

Em novo depoimento ao Ministério Público, Marcos Valério contou com detalhes o caso do assassinato do ex-prefeito Celso Daniel, e apontou Lula como figura central.

A frase que abre a matéria - “Eu virei para o presidente e falei assim: ‘Resolvi, presidente’. Ele falou assim: ‘Ótimo, graças a Deus’.” - Valério teria dito a Lula quando resolveu o problema da chantagem que o presidente vinha sofrendo por parte do empresário Ronan Maria Pinto.

Ronan exigiu dinheiro para ficar calado, declarou que não ia ‘pagar o pato’ sozinho e que iria citar o presidente Lula como ‘mandante da morte’ do prefeito de Santo André.

O promotor Roberto Wider Filho, por considerar graves as informações colhidas, encaminhou o depoimento de Valério ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público, que o anexou a uma investigação sigilosa que está em curso.

Fonte: Veja

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários