O crápula de nome Maduro e o “ataque químico” ao Brasil

O óleo veio de 3 campos da Venezuela. Mas não se sabe qual navio o despejou dolosamente na costa brasileira. Isso pouco importa. A única diferença é que o Brasil não vai saber quem é o seu inimigo, além da Venezuela.

Se fosse em outros tempos, isso acabaria em guerra, pois foi um ataque químico ao Brasil.

O estopim para os conflitos armados são muito variáveis. A morte de um único homem lá do Império Áustro-Húngaro, chamado Francisco Ferdinando, no início do século XX, desencadeou a 1ª Guerra Mundial. Aqui no Brasil, meia dúzia de incursões dos paraguaios no território brasileiro, com algumas pilhagens e mortes, desencadeou a Guerra da Tríplice Aliança, no século XIX.

Maduro é um crápula, que merece de verdade uma guerra, para pagar por seus crimes.

Tem gente que tem que liberar espaço no planeta.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários