Matéria sobre suposto envolvimento na morte de Marielle foi publicada após Bolsonaro dizer que dificultaria concessão para emissoras devedoras

Não é coincidência nem nenhuma novidade a voracidade com que a Rede Globo tenta destruir por completo a reputação do presidente Jair Bolsonaro. Mas parece que dessa vez a emissora deixou de lado qualquer resquício de bom senso.

Após os cortes que a emissora vem sofrendo no recebimento de recursos advindos do Governo Federal em função de diversas mudanças promovidas pela atual administração, parece que a gota d'água para a emissora chegou com uma declaração dada pelo presidente na última terça-feira, 29. Segundo o presidente, as concessionárias de rádio e TV que tiverem dividas com a União terão dificuldades para renovar a concessão.

"Tem empresa que vai renovar seu contrato brevemente, eu não vou perseguir ninguém. (Mas) para quem estiver devendo, vai ter dificuldade. Então os órgãos de imprensa jogam pesado para ver se me tiram de combate para facilitar sua vida", informou Bolsonaro

Não é surpresa que um dia depois da declaração a emissora tenha tratado de armar uma bomba contra o presidente. A renovação da concessão da Globo deve ocorrer ainda durante o atual governo. Tudo calculado para eliminar os obstáculos à emissora.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários