TCE

Um novo Brasil se apresenta ao mundo, a nova era da economia começou, sem viés ideológico (veja o vídeo)

Recordes históricos vem sendo alcançados, o risco país nunca esteve tão baixo, e muitos especialistas já afirmam que os novos investimentos e acordos internacionais, somados a uma política econômica certeira e as reformas em andamento, estão finalmente elevando o Brasil ao patamar de crescimento sustentável que o povo merece!

Para mostrar todos esses avanços, que afetam diretamente o bolso do cidadão, a TV JCO estreia hoje a série Brasil: Era de Ouro, com entrevistas exclusivas de especialistas que comentam a importância das mudanças que o governo federal vem implantando.

Neste primeiro episódio, entrevistamos Adolfo Sachsida, Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia e braço direito do Ministro Paulo Guedes.

De acordo com o secretário, várias iniciativas que foram aprovadas no primeiro ano do governo Bolsonaro começarão a dar frutos em 2020. Sachsida acredita que o crescimento da economia pode chegar a 3% no ano que vem.

“Há uma boa chance de maturação de várias medidas, como a Lei de Liberdade Econômica, um novo modelo de FGTS, a nova Previdência, novo marco do gás, o leilão dos excedentes da cessão onerosa [pré-sal]... um conjunto muito amplo de notícias que me levam a acreditar que o PIB vai nos surpreender positivamente”, ressaltou.

Taxa de juros é a mais baixa da história e o povo vai sentir o benefício no bolso

Encontrar um emprego, financiar a casa própria a um preço justo... Segundo o secretário, os brasileiros têm mais chance de realizar esses sonhos quando a taxa de juros é baixa – e hoje está em 5%, ou seja, o menor número da história do Brasil.

“Isso significa ter acesso a um conjunto amplo de bens, pagando menos por eles. A taxa de juros está na mínima histórica, isso é resultado direto do trabalho desse governo e respeitando, é claro, uma agenda pró-mercado e de respeito às finanças públicas”, enfatizou.

Para Sachsida, a mudança nas relações comerciais do Brasil é fundamental.

“Antes o brasileiro trabalhava, pagava seu imposto, para o governo financiar obras, por exemplo, em Angola, em Cuba, em Moçambique, na Venezuela... isso é um acinte! Era o dinheiro público sendo usado para uma política externa ideológica. O governo Bolsonaro mudou isso completamente. Hoje nós temos uma política internacional baseada nos interesses do povo brasileiro”, afirmou.

Para entender todas essas mudanças que estão criando um novo país, melhor para todos, não deixe de acompanhar a série Brasil: Era de Ouro, na TV JCO.

Veja o vídeo com a entrevista de Adolfo Sachsida:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários