TCE

Vergonha: Gleisi diz que Lula pode estar hoje na vigília Lula Livre e poste pede suspeição de Moro

A presidente nacional do Partidos dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, comemorou a decisão do Supremo Tribunal Federal em anular a prisão em segunda instância, aproveitando o momento para, novamente, destinar críticas imorais ao Governo Bolsonaro.

STF hj fortaleceu a democracia e a Constituição, ameaçadas pelo governo de extrema-direita. Também reconheceu, depois de 1 ano e 7 meses, q Lula ficou preso ilegalmente. A crueldade termina aqui. Seguiremos lutando pela justiça, q é anulação da sentença de Moro. A verdade vencerá - declarou.

Hoffmann ainda informou que a defesa de Lula já solicitou o habeas corpus e que o ex-presidente poderá ser solto ainda hoje e podendo estar presente na vigília Lula Livre.

"A defesa já pediu a soltura imediata de Lula e estamos entrando para conversar com ele. Esperamos que ainda hoje Lula esteja na vigília #LulaLivre, abraçando e agradecendo todis que durante estes 580 dias ficaram ao seu lado, no maior exemplo de solidariedade e resistência."

Já Fernando Haddad, defendeu a suspeição de Sergio Moro:

“O STF já declarou que: 1) a condução coercitiva de Lula foi ilegal; 2) o vazamento das conversas com a Dilma foi ilegal; 3) o impedimento de que Lula tomasse posse como ministro foi manipulado. Falta declarar: 4) a suspeição de Moro por parcialidade.”

O presidiário pode até ser solto, mas não livre dos crimes que cometeu e que prejudicaram toda a sociedade brasileira, em especial os mais pobres. A luta contra a corrupção não terminou.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários