Impunidade, uma doença quase incurável e suas recidivas

A tragédia de certas decisões, não se percebe com clareza no momento em que são tomadas, quando espertas argumentações maquiam com palavras a realidade; é só depois, na cotidiana e lenta agonia da morte de um povo, que vai se percebendo a extensão da danosidade social provocada.

Toda corrupção, todo assalto, todo estupro ou homicídio nasce da crença na impunidade, ela que é o próprio tumor cancerígeno, ela que produz a metástase mortal do crime no corpo da sociedade.

(Texto do jurista Edilson Mougenot Bonfim. Procurador de Justiça do Estado de São Paulo)

Nota da Redação: Após a liberação de Luiz Inácio Lula da Silva da prisão, o petista e ex-ministro da Casa Civil de Lula José Dirceu, também teve pedido de soltura confirmado pela Justiça nesta sexta-feira (8). Após pedido da defesa, a juíza substituta Ana Carolina Bartolamei Ramos, do estado do Paraná, ordenou soltura imediata de Dirceu. “Expeça-se alvará de soltura em favor do sentenciado, oficiando-se às autoridades competentes para seu imediato cumprimento”, escreveu. Ela deu ciência da decisão ao Ministério Público. (Fonte: Gazeta do Povo)

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários