Lula sai da cadeia, viaja no jatinho de Huck e evidencia aproximação sinistra

Essa é para quem achou que a piada já estava toda contada. Guardaram o pior para o final.

Após passar meses dando palestras, falando em mudanças, em renovação política, em alternativas, o que Luciano Huck faz assim que o condenado por corrupção em duas instâncias é solto?

Ora, empresta seu jatinho particular para Lula viajar pelo Brasil. Provavelmente para levar aquela renovação Petista que já conhecemos.

-"Ah, mas o jatinho pode ter sido alugado, não emprestado."

Alugado com que dinheiro se os bens de Lula estão todos bloqueados e seus advogados estavam alegando que ele corria risco de ter sua subsistência prejudicada?

E mesmo que fosse alugado, Huck é DONO do jato, ele jamais seria utilizado sem a sua autorização.

O que deixa a situação toda ainda pior, é que este jato foi adquirido com dinheiro do BNDES, durante o governo do PT. O empréstimo foi feito a juros baixíssimos, pois o Banco, que usa dinheiro do povo, deveria financiar o desenvolvimento do país. O jato privado de Huck não é exatamente um exemplo de como devemos usar dinheiro público para o País se desenvolver.

Pode não ter sido ilegal, mas foi extremamente imoral. Se Luciano Huck tivesse tentado um empréstimo como alguém do povo (que ele diz adorar) teria que pagar algo em torno de 22% de juros anuais, não 3% como foi através do BNDES.

Espero que tenha ficado claro para quem acreditou na conversa fiada de renovação ou de mudança. Nenhum amigo do PT quer mudança, quer somente retornar ao passado.

Mudança de verdade, somente com Bolsonaro, e é justamente por isso que o sistema o ataca dia e noite. Não podem permitir que Bolsonaro conserte o Brasil. Do contrário, ficará óbvio que eles nunca o quiseram fazer.

Publicado originalmente no Blog do colunista.

NOTA DA REDAÇÃO:

Segundo Huck, a responsabilidade do agendamento da aeronave é da empresa Icon Taxi.

Frederico Rodrigues

Analista Político e Membro da Direita Goiás.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários

Notícias relacionadas