“Quem tem condições financeiras não cumpre pena, só ladrão de galinha”, afirma deputado (Veja o vídeo)

O Brasil é um dos únicos países do mundo que espera a condenação em quatro instâncias para que a pena seja cumprida, algo inadmissível, como comenta o deputado Márcio Biolchi (MDB-RS), em entrevista exclusiva à TV Jornal da Cidade Online.

“Você tem tantos remédios e instrumentos para protelar o processo, que sua duração é diretamente proporcional à condição financeira do réu. Estamos falando de pessoas que talvez tenham poder, tenham dinheiro e que conseguem protelar a conclusão do processo”, criticou o parlamentar.

Nós, do Jornal da Cidade Online, traduzimos para você: corruptos não serão mais presos, pois têm dinheiro para recorrer da sentença por cinco mil anos. Geralmente com dinheiro que roubou de você, que está lendo agora.

De acordo com Biolchi, já existem matérias tramitando no Congresso para que a prisão em segunda instância aconteça. Existem iniciativas também no Senado, como a do senador Kajuru, que protocolou um projeto de lei que muda o artigo do Código do Processo Penal, de forma a permitir a prisão em segunda instância.

“Espero que a discussão no STF não impeça ou contamine qualquer medida que possa iniciar aqui no Congresso. Não interessa se o sujeito é o doutor fulano ou um deputado, que ele possa responder por seus crimes, principalmente quando condenado”, destacou o deputado.

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários