Caso Celso Daniel: seria Lula o mandante? (Veja o vídeo)

A TV Jornal da Cidade Online estreia uma nova série, Crime Sem Castigo, relembrando os mais famosos casos de assassinatos políticos, mortes misteriosas, corrupção e desastres ambientais que chocaram o país, mas nunca tiveram solução ou punição.

Neste primeiro episódio, não poderíamos deixar de revisitar um dos crimes mais sombrios que marcaram a história recente do país: o assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel.

Em uma fatídica noite de 2002, o político foi sequestrado e assassinado com 11 tiros. Várias circunstâncias misteriosas cercam o caso. A começar pela morte de diversas testemunhas envolvidas. Teria sido uma grande queima de arquivo?

Mais um possível crime na conta do PT

João Francisco Daniel, irmão do ex-prefeito de Santo André, afirmou que Celso Daniel foi morto por causa de um dossiê sobre corrupção na prefeitura que administrava. Segundo ele, o ex-prefeito participava de um esquema que desviava fundos diretamente para o Partido dos Trabalhadores. Porém, antes de levar a público a prova das falcatruas, o então prefeito foi brutalmente torturado e assassinado.

Há vários anos a senadora Mara Gabrilli denuncia o envolvimento do ex-presidente Lula no assassinato de Celso Daniel. Mara é filha de Luiz Alberto Gabrilli, um dos empresários de ônibus que relatou episódios de extorsão praticados pela prefeitura de São Paulo na gestão do então prefeito. Segundo a parlamentar, o laboratório do crime que aconteceu em Santo André deu origem ao Mensalão e o Petrolão.

Em 2019, a história veio à tona com força total, por meio de Marco Valério, operador do Mensalão, que declarou em depoimento que Lula e outros petistas foram chantageados por um empresário de Santo André que ameaçava implicá-los na morte de Celso Daniel. E mais do que isso: disse ter ouvido desse empresário que o ex-presidente foi o mandante do assassinato.

E você, leitor do Jornal da Cidade Online, acha que Lula e sua facção política têm culpa no cartório nesse crime hediondo? Dê sua opinião!

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários