Brasil se posiciona de maneira firme sobre situação de Evo Morales: "Não há nenhum golpe na Bolívia", diz Ernesto Araújo

O Ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo, falou sobre a renúncia do ex-presidente da Bolívia Evo Morales:

Não há nenhum golpe na Bolívia. A tentativa de fraude eleitoral maciça deslegitimou Evo Morales, que teve a atitude correta de renunciar diante do clamor popular. Brasil apoiará transição democrática e constitucional. Narrativa de golpe só serve para incitar violência.

O Ministério de Relações Exteriores também divulgou nesta terça-feira, 12, uma nota sobre o assunto:

“O governo brasileiro rejeita inteiramente a tese de que estaria havendo um golpe na Bolívia. A repulsa popular após a tentativa de estelionato eleitoral (constatada pela OEA), o qual favoreceria Evo Morales, levou à sua deslegitimação como presidente e consequente clamor de amplos setores da sociedade boliviana por sua renúncia”, diz o Itamaraty no comunicado. “O processo constitucional está sendo preservado na sua integralidade na Bolívia.”
O Ministério também oferece apoio ao governo de transição, que deve ser formado em breve. “O governo brasileiro está pronto a colaborar com as autoridades interinas da Bolívia de modo a contribuir para uma transição pacífica, democrática e constitucional”, diz o texto.
da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários