Esbravejando, Lula diz que não aceita fazer autocrítica do PT (veja o vídeo)

Lula deu mais uma prova de que não se arrepende de nenhum de seus crimes.

O ex-presidente presidiário, agora solto, durante um discurso nesta quinta-feira (14) em Salvador, falou para a militância que não vai fazer nenhuma autocrítica do partido.

Lula também voltou a atacar com ofensas o ministro Sérgio Moro:

“Eu poderia ter ido para uma embaixada, mas tomei a decisão de ir para pertinho do Moro, para provar o canalha que ele foi ao me julgar”, afirmou Lula, em referência à sentença de Moro, quando era juiz da Lava Jato, no caso do triplex do Guarujá, em que o petista foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

O meliante petista também afirmou que o PT não nasceu para ser partido de apoio e que deve lançar candidatos em todas as cidades possíveis.

Tendo como garoto propaganda um criminoso solto, é previsível que em 2020 veremos um fiasco ainda maior do PT.

#corruPTos

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários