Carta Aberta à Dias Toffoli: "Por sua causa investidores estão se afastando do Brasil"

Deixarei de lado o Vossa Excelência, desrespeitando a liturgia do cargo, já que hoje falo como cidadã e não como advogada, com o cidadão e não com o Ministro.

Caro Toffoli, sei que o trabalho no Supremo tem sido árduo e volumoso. São muitas horas debruçado em recursos, Habeas Corpus e investigações... por isso tomo a liberdade de contar um pouco o que está acontecendo no Brasil.

Há 11 meses o Brasil mudou. O povo elegeu um presidente que acima de tudo defendeu o combate à corrupção.

Eu sei que isso pode soar estranho, mas sim, atualmente existem políticos que querem o fim da corrupção.

Sim, políticos atualmente ouvem o povo.

E o povo anda bravo....

Bravo com o senhor e seus pares...

E isso me preocupa...

Minha preocupação vai além do fato de que suas decisões estão sendo vistas como um retrocesso ao combate à corrupção. A OCDE disse isso....

Suas decisões estão indo em desencontro ao que a imensa maioria do povo quer...

Eu sei que ser presidente de um lugar denominado Supremo não é fácil....

Mas a vida de quem afronta à vontade do povo pode ser ainda mais difícil....

Não vou adentrar ao fato de inúmeros juristas considerarem suas decisões ilegais.

Vou ficar no fato de que suas decisões podem afetar diretamente a economia.

Por sua causa, investidores estão se afastando do Brasil, mesmo com o excelente trabalho do governo...

A insegurança jurídica aumentará a pobreza, a crise.... matará inocentes nas filas dos hospitais, nas favelas e no asfalto...

Inocentes não até o trânsito em julgado...

Inocentes que trabalham de sol a sol pra dar uma vida mais confortável para sua família...

Inocentes que tinham a esperança da economia decolar depois das reformas...

Inocentes que hoje estão começando a ficar muito bravos!!

Muito mesmo!!

E o senhor sabe que um povo bravo e sem dinheiro é capaz de tudo....

Pense bem Toffoli!

Pense se é essa marca que o senhor quer deixar na história!

(Texto de Flavia Ferronato. Advogada)

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários