“Lula cometeu crime contra a segurança nacional, quando incitou a violência”, diz deputado (Veja o vídeo)

De volta à cadeia! É isso que o deputado Ubiratan Sanderson (PSL-RS) afirma que deve acontecer com o ex-presidente, considerando suas últimas declarações:

“A gente tem que seguir o exemplo do povo do Chile, do povo da Bolívia, a gente tem que resistir. Nós vamos fazer muita luta! E não é um dia de luta, passar três meses e depois voltar, não. É todo dia”.

Sanderson fez uma representação, junto à Procuradoria-Geral da República, na pessoa de Augusto Aras, pedindo a prisão preventiva de Lula. A deputada Carla Zambelli também assinou o pedido, como coautora.

“Ele praticou apologia ao crime e também atentou contra a segurança nacional, uma lei de 1983, que é chamar a população para ir às ruas cometer violência com fins políticos, exatamente aquilo que ele fez. Precisamos sim de paz social, para que a população brasileira viva de forma harmônica entre si. Se Lula continuar nessa senda de agitações, ele é sim um risco, por isso deve retornar à cadeia ou, pelo menos, ficar em prisão domiciliar”, ressaltou o parlamentar.

STF contra o Brasil

Traficantes, homicidas, pedófilos, não apenas corruptos, mas uma corja de vagabundos está saindo da cadeia por conta do veto da Suprema Corte à prisão em segunda instância. Para Sanderson, a decisão do STF foi equivocada, tomada por questões ideológicas.

“O direito que a sociedade tem de viver em paz, com segurança, é muito maior do que o direito de um indivíduo aguardar em liberdade até o julgamento de um recurso ao Supremo ou ao STJ”.

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários