Chegou a vez do povo: emprego e dinheiro no bolso (veja o vídeo)

O Brasil ainda está pagando um preço alto pelos erros cometidos nos governos anteriores, mas, finalmente, parece que agora nossa economia vai deslanchar, com as medidas tomadas pela equipe do governo Bolsonaro, como explica Alexandre Rocha, consultor legislativo do Senado Federal e professor de economia do IBMEC (Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais), entrevistado do segundo episódio da série Brasil: Era de Ouro.

“O emprego é o grande nó que estamos enfrentando já há alguns anos no Brasil, uma taxa de desemprego substancialmente alta, que gera tensões sociais variadas e desalento entre parte da população. E você começa a sinalizar para essa mesma população um cenário mais otimista, quando paulatinamente as pessoas vão recuperando seus empregos e renda”, ressalta o especialista.

Importância das reformas para a economia

De acordo com Rocha, as reformas são fundamentais para o crescimento da economia.

“Durante muitos anos, passamos por uma situação em que as despesas cresciam muito aceleradamente, com várias obrigações legais que foram assumidas ao longo do tempo. Enquanto a receita acompanhou essa rápida evolução de despesas, não ficou aparente para a sociedade o risco que isso representava. Só que esse fôlego acabou e ficou muito patente o desequilíbrio fiscal. Sem as reformas, sem a mudança da dinâmica dos gastos públicos, você não vai conseguir recuperar o equilíbrio entre receitas e despesas”, alertou.

Resumindo, o socialismo só é “bom” até o momento em que os cofres públicos são esvaziados. Agora, com um governo patriota, ético, e uma economia liberal, o Brasil está mudando para melhor de verdade, sem enganar o povo com discursos eloquentes e pesquisas falsas. Não é à toa que Paulo Guedes foi eleito o melhor ministro da Economia pela revista GlobalMarkets.

Confira abaixo a entrevista com Alexandre Rocha:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários