Terrorista amigo do PT tem prisão perpétua confirmada

O Tribunal de Cassação Italiano, confirmou nesta terça-feira (19), a pena de prisão perpétua do terrorista Italiano Cesare Battistti, que passou uma longa temporada abrigado no Brasil, com as bênçãos do PT e do ex ministro da justiça Tarso Genro, com o qual mantinha estreita relação de amizade.

O tribunal superior italiano negou o recurso impetrado por advogados de Batistti.

A defesa do réu, pedia que a pena de prisão perpétua fosse comutada em uma pena de 30 anos de prisão. O tribunal considerou inadmissível.

Cesare Batistti foi condenado na Itália por diversas ações terroristas que culminaram com a morte de quatro pessoas.

Batistti chegou a ser preso, mas fugiu e foi condenado à revelia à prisão perpétua.

Em fuga, passou pela França e depois fixou residência no Brasil, sendo acolhido pelo governo Lula.

Em dezembro, sabendo que Bolsonaro iria extraditá-lo, fugiu para a Bolívia, sendo preso logo no começo de janeiro, de onde foi extraditado.

Everson Leal

Radialista

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários