Lindbergh não toca mais no assunto sobre sua “ligação” com Elcio Queiroz, mencionada em depoimento (veja o vídeo)

O ex-senador Lindbergh Farias foi literalmente pego no ‘contrapé’.

O próprio Élcio Queiroz, um dos acusados de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco, confessou que foi assessor do PT em Nova Iguaçu na gestão de Lindbergh e, ‘carinhosamente’, classificou o petista como o “melhor patrão” que já teve.

A sua fala demonstra que mantinha ligação estreita com o então prefeito.

Sobre o assunto, o próprio Lindbergh disse que não lembrava do tal Elcio Queiroz, mas que iria verificar se ele havia trabalhado na prefeitura em sua gestão.

Depois, não tocou mais no assunto.

Pelo visto, verificou e lembrou do rapaz…

Para um partido acusado de parceria com o PCC, parece natural que tenha ligações com milicianos.

É o retrato da velha lição da esquerda:

“Acuse-os do que você faz, chame-os do que você é”

Veja o vídeo:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários