A Folha é "infalível" e detona Gugu no momento de sua morte

Gugu não é perfeito, mas indiscutivelmente foi um grande comunicador.

Cometeu alguns erros na carreira, óbvio. Entretanto, são incontáveis os seus acertos, haja vista a fama e o carinho conquistados.

No momento de sua morte, quando todos ressaltam as suas grandes qualidades, a Folha é infalível em seu jornalismo canhestro e indecente.

Em matéria sobre o renomado artista, o jornal realça os seus 'discutíveis' erros e aquilo que seria a grande ‘mácula’ de sua trajetória.

É de se lamentar.

A Folha entende que isso é jornalismo.

Na matéria a Folha afirma quem em 2003, um episódio teria arranhado a credibilidade de Gugu, dando início ao seu declínio.

Fica a pergunta: o que a Folha entende de credibilidade?

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários