Atordoado, Toffoli dá sugestão que praticamente sepulta esperanças de Lula

Dias Toffoli, depois da avassaladora derrota sofrida esta semana no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), na questão do compartilhamento de informações da Receita Federal e da Unidade de Inteligência Financeira (UIF) com o Ministério Público, dá mostras de que está absolutamente atordoado.

O ministro, na condição de presidente da corte, sugeriu ao colegiado que nos casos onde haja réus delatores e delatados, a sentença só possa ser anulada se preenchidos três requisitos:

As delações premiadas do processo específico precisariam ter sido homologadas previamente pela Justiça.
A defesa deveria ter questionado a ordem das alegações finais na primeira instância.
E, por fim, precisaria ser comprovado que a ordem das alegações causou prejuízo à defesa.

Em sendo acatada a ‘sugestão’ de Toffoli, certamente será confirmada a decisão do TRF-4 no caso do sítio de Atibaia.

E Lula estará fatalmente definitivamente liquidado.

E quando se trata de 'sugestão' contrária aos interesses do meliante petista, Dias Toffoli é insuspeito.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários