O grande engodo do RS: Eduardo Leite, o governador refém de suas mentiras (veja o vídeo)

O Rio Grande do Sul hoje vive uma das maiores crises de sua história e não consegue pagar o funcionalismo em dia. Por outro lado, o candidato Eduardo Leite deu a entender na campanha eleitoral que teria como resolver, bastaria:

“Tirar a bunda da cadeira”.

O “tirar a bunda da cadeira” chegou a virar frase motivacional de parte da equipe de campanha do candidato, que estampou camisetas com a frase, dita em um dos debates na TV Bandeirantes.

A arte da velha política também consiste em falar sem dizer, para depois dizer que não falou. O candidato tucano foi agressivo, irônico e até grosseiro em debates com o concorrente Sartori, vendendo para o eleitor a ideia de facilidade para a resolução dos problemas e a incapacidade e anacronismo do concorrente. As pessoas acreditaram e o candidato da promessa de “colocar em dia os salários no primeiro ano de governo”, venceu.

Sim. Eduardo Leite prometeu diversas vezes em campanha que resolveria o problema dos salários no primeiro ano de governo. Não apenas declarou diversas vezes no programa eleitoral mas também nos debates televisivos, como no realizado pela RBS TV quase no final da campanha.

Nós compilamos algumas dessas falas no vídeo abaixo. Leite promete claramente para senhoras que resolveria o problema. Não há dúvida: Leite mentiu.

Leite também fala sem dizer que tem uma visão pessoal favorável a vários assuntos polêmicos em nossa sociedade, como liberação das drogas. Não consegue dizer nem sim nem não, mas que a sociedade “precisa discutir”. No processo, tem em alta conta seu grande nome do partido – Fernando Henrique Cardoso – ex-presidente que há muito quebra o tabu sobre o tema.

Adotando um quase vitimismo, queixou-de muito de fake news durante a campanha eleitoral e de acusações infundadas. De fato, Leite foi atacado em sua vida pessoal e honra com fotos de baixo nível nas redes. Mas a percepção popular sobre a sua ideologia era em certos círculos negativa, tanto que ele chegou a se reunir com pastores em um restaurante para “repor a verdade” sobre assuntos como (ideologia de) gênero e drogas.

(Texto de Jesael Duarte da Silva. Empreendedor digital, consultor de tecnologia da informação e marketing na internet)

Matéria publicada originariamente no site Lócus Online

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários