Reitores desconhecem o que acontece nas universidades e cobram explicação do ministro (veja o vídeo)

Está na hora de o Presidente começar a rever quem são as pessoas ocupando a reitoria das Universidades Federais pelo Brasil. E se for o caso, demiti-las.

Após o ministro da educação, Abraham Weintraub, afirmar que há cultivo de maconha dentro dos campus das federais, rapidamente uma onda de pseudo-indignação e ignorância seletiva tomou conta da imprensa e do meio acadêmico brasileiro.

Os mesmos veículos de comunicação que já noticiaram diversas vezes no passado o que o ministro afirmou, dizem agora que ele fez uma acusação sem provas. É bizarro.

Reitores entraram com ação para exigir que o ministro se explique e se retrate sobre as acusações. Acham que feriu a honra da universidade.

Ora, o que fere a honra das universidades federais é ter reitores ignorantes que não conseguem fazer uma pesquisa de 5 minutos no Google, onde diversos casos de plantações de maconha nos terrenos das instituições já foram denunciados.

Se esses reitores não sabem o que acontece em suas universidades, precisam ser trocados.

As federais pertencem ao povo e não aos dirigentes ou alunos de ocasião. Devem estar sob a jurisdição brasileira, inclusive com a presença da polícia no campus.

Conheça o blog do autor: https://www.fredericorodrigues.com.br/

Frederico Rodrigues

Analista Político e Membro da Direita Goiás.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários