Bolsonaro descarta volta de imposto sindical

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta segunda-feira, 9, em suas redes sociais que, ao contrário do que alguns veículos de imprensa afirmaram, o governo não trabalha para uma possível volta do imposto sindical. Segundo Bolsonaro, o que existe é a PEC 136 (Projeto de Emenda Constitucional), que ainda está em andamento no plenário da Câmara.

“Não procede a notícia de que o nosso Governo se prepara para a volta do Imposto Sindical. O que existe na Câmara é a PEC-136 (de autoria de parlamentares), essa sim com o objetivo de criar, na Constituição, tal imposto”, escreveu o presidente em sua conta no Twitter.

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, também foi às redes sociais se pronunciar sobre o assunto, afirmando que aprovação da PEC seria um retrocesso.

“Não bateu o martelo e nem irá bater nesse sentido; não há hipótese do governo propor retrocesso de volta de compulsoriedade de imposto sindical” destacou Marinho.

da Redação

Comentários