Deltan diz que Gilmar não fez críticas, mas xingamentos que abusam da liberdade de expressão (veja o vídeo)

Em entrevista à Jovem Pan, Deltan Dallagnol, um dos líderes da Lava Jato, explicou o motivo pelo qual processou o ministro do STF, Gilmar Mendes.

“Nós entramos com essa ação para mostrar que o nosso papel é buscar que todas as pessoas ajam debaixo da lei, inclusive ministros. Ele também deve estar debaixo da lei da magistratura, nenhuma pessoa pode estar acima da lei”, afirmou Deltan.

Na indenização Deltan pede 59 mil por danos morais. Gilmar Mendes desferiu ataques aos integrantes da Lava Jato, os chamando de “cretinos, gentalhada desqualificada, covardes, gângsters, organização criminosa, espúrios, patifaria e vendilhões do templo”.

Deltan disse que ofensas ditas pelo ministro não são críticas, são xingamentos que “abusam da liberdade de expressão”.

Confira:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários