assinante_desktop_cabecalho

Deputado afirma que Witzel está falsificando provas para incriminar Bolsonaro no caso Marielle (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Nesta sexta-feira, 13, o deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) divulgou um vídeo polêmico na internet. No vídeo o deputado afirma que pode haver mais um complô para incriminar o presidente Jair Bolsonaro no caso Marielle Franco.

Na acusação a que se refere o deputado, ele diz que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) e a inteligência da Polícia Civil estão criando uma “conversa forjada por milicianos” para a acusação.

Ele ainda reitera que provavelmente essa “falsificação” irá gerar uma matéria no Jornal Nacional ou até mesmo no Fantástico, programas da TV Globo, que já teve sua participação no outro caso de provas falsas envolvendo o “depoimento do porteiro” do prédio em que mora a família Bolsonaro.

“Me chegou a informação através de uma fonte muito séria, e essa informação também foi passada para o presidente e sua família”, afirmou Otoni.

O vídeo foi divulgado um dia após Jair Bolsonaro dizer que “outras acusações virão”, sobre o caso Marielle.

Otoni prometeu se reunir nesta segunda-feira, 16, com o procurador-geral da República, Augusto Aras, para entrar com uma ‘queixa-crime contra Witzel’.

“Estamos em uma guerra. O jogo é pesado [...] só há um jeito de segurar esses imbecis e desgraçados. É denunciar essa bandidagem! Quem não é covarde compartilha!” pediu o deputado.

Confira:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar