Barroso silencia ministros contrários à prisão em 2ª instância, com relato estarrecedor (veja o vídeo)

Com um processo que acaba de ser colocado na pauta do Supremo Tribunal Federal (STF) para votação, o ministro Luis Roberto Barroso calou os seus pares contrários à prisão após a condenação em segunda instância.

O magistrado nem precisou de muitos argumentos. Bastou relatar a trajetória dos autos utilizados como exemplo.

Num crime de homicídio, a mais perfeita demonstração de impunidade.

Para tanto, basta ter dinheiro para pagar bons advogados.

O relato do ministro é estarrecedor.

Veja o vídeo:

da Redação

Comentários