O dia em que Renato Aragão deu a lição que Gregório Duvivier não aprendeu (veja o vídeo)

O canal Porta dos Fundos faz o que chama de “humor” agredindo e insultando a crença religiosa.

Intitulado ‘A Primeira Tentação de Cristo‘, o longa deste Natal, acompanha a comemoração do 30º aniversário de Jesus, que é retratado como um personagem gay, o que vem causando revolta na comunidade cristã.

Gregório Duvivier não aprendeu a lição que um dia lhe foi ensinada pelo inigualável Renato Aragão.

No programa “Na Moral” da Rede Globo, exibido em 12 de setembro de 2013, “Didi” ensinou sobre “os limites da piada”.

Matéria publicada na época pelo site G1 narrou o confronto entre o verdadeiro humorista e o canastrão:

“A discussão esquentou quando o eterno Didi e Gregório discordaram sobre fazer ou não fazer piadas de religião.
Depois de ver um esquete do grupo de humor de Duvivier, Renato foi bem direto: ‘Eu nunca passei por esse temor de fazer piada sobre religião, não precisa usar a religião para fazer humor. Eu acho que até agride, coisa que agride é você criticar uma religião, muçulmana, católica, evangélica, tudo’.
‘Eu sou muito fã do Renato, mas neste caso eu vou ter que discordar’, iniciou Gregório a defesa do seu ponto de vista e de seu tipo de humor. E o humorista foi mais além: ‘Olha só, eu acho que é engraçado a gente desmistificar. O meu Deus não é o Deus de outras pessoas. Não existe um sagrado absoluto’.
Para rebater, o Trapalhão usou apenas uma pergunta para o humorista: ‘Você tem alguma religião?’. Após ouvir a negativa, Renato prosseguiu: ‘Então, você está a caráter para falar desde que não agrida as outras religiões. Eu acho que o humor não precisa disso. Você é inteligente, eu te acompanho, na Portas dos Fundos e nas portas da frente’."

Gregório não assimilou e não aprendeu, merece o ostracismo que o público vai saber dar e os processos que terá que enfrentar.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários