Organização criminosa contra ataca e consegue afastar promotor do Gaeco

O afastamento do promotor Marcos Alex Vera de Oliveira tem efetivamente a participação da organização criminosa envolvida nas Operações Coffee Break e Lama Asfáltica.
No dia 10 de dezembro o Jornal da Cidade se antecipou aos fatos e denunciou a conspiração tramada pessoalmente pelo ex-governador André Puccinelli para derrubar o coordenador do Gaeco (veja aqui).
Paralelamente a ação de Puccinelli, setores da imprensa marrom de Mato Grosso do Sul começaram a agir tentando desqualificar o trabalho do brilhante promotor.
Por outro lado, o antenado repórter Mauricio Ferraz,
do programa Fantástico, da Rede Globo, que vem acompanhando atentamente o caso, repercutiu em sua página no Facebook:  'Um absurdo ! Acompanhei esse caso de perto. O promotor foi atrás de peixe grande e olha o que aconteceu.Que vergonha! Onde está a independência do Ministério Público?', assinalou indignado Maurício Ferraz.
No Mato Grosso do Sul, salvo a corajosa atuação de alguns poucos promotores corajosos, o Ministério Público sempre foi instrumentalizado pelo ex-governador André Puccinelli.
Presentemente, mesmo fora do poder, Puccinelli ainda detém o 'rabo preso' de diversos membros da instituição.
É de se lamentar...
Lívia Martins
Faça contato e envie denúncias para: liviamartins.jornaldacidade@gmail.com

                                                    https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades