Senado fará homenagem a Paulo Freire depois de Bolsonaro chamá-lo de “energúmeno”

O Senado Federal aprovou um pedido idealizado pelo senador Weverton (PDT-MA), referente a uma homenagem a Paulo Freire. A aprovação veio um dia após o presidente Jair Bolsonaro chamá-lo de “energúmeno”.

A previsão é que a homenagem seja feita no dia 04 de maio de 2020, mês em que a morte de Paulo Freire (1997) fará 23 anos.

Senadores aproveitaram a oportunidade para criticar Bolsonaro.

“Paulo Freire nos faz pensar, ele nos ensina a pensar. Eu queria sugerir ao presidente da República que procedesse a leitura de algumas obras de Paulo Freire", disse Fabiano Contarato (Rede-ES).

Segundo o senador Weverton, homenagear Paulo Freire é “reconhecer a própria história do Brasil.”

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários