O cheque assinado por Jair Bolsonaro

O gerente do meu banco me ligou e disse que minha conta está no vermelho: ou eu coloco as contas em dia ou ele corta o meu cartão e meu talão de cheques.

O mesmo gerente impôs que eu deveria me vestir melhor, comprar bolsas caras e ser mais sofisticada. Eu aceitei.

Assinei o cheque de um valor altíssimo que não tenho na conta, entreguei para ele e disse:

"Então cobre esse cheque e parcela em juros baixos!"

É exatamente isso que o presidente fez com o Congresso!

Depois que os parlamentares votaram o limite de gastos que impediu até a contratação dos psicólogos nas escolas, etc... eles mesmos aprovaram a contratação de juízes sabendo que "não tem fundos". O foco era só causar o desgaste com os Bolsonaristas.

Jair só devolveu o cheque assinado...

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

Comentários