Bolsonaro errou? Calma! Política não é ciência exata (veja o vídeo)

A aprovação do pacote anticrime é fato positivo ofuscado pela discussão sobre detalhes

A política não é uma ciência exata. Os conceitos de erro ou acerto são relativos: dependem da capacidade de se gerar novos fatos com o fatos consumados. Por isso, mesmo que Bolsonaro tenha errado ao não vetar a emenda do juiz de garantias (o que ainda não estou convencido), não há motivo para tanta preocupação.

A verdade é que estamos diante de um fato positivo - a aprovação do pacote anticrime - que foi ofuscado por toda essa discussão. Quem joga contra Bolsonaro conseguiu o que queria: ocuparam quase todo o espaço e tempo dedicados ao tema dando mais atenção a detalhes potencialmente negativos do que ao todo positivo.

Neste vídeo, vamos desfazer narrativas ridículas do isentucanosfera, recobrar o senso de proporções, analisar os principais riscos assumidos por Bolsonaro e contextualizar tudo isso no campo da disputa política, atentando para falta de estratégia da direita, que muitas vezes dá mole para a esquerda sem perceber.

É um vídeo um pouco longo para o padrão desta coluna (29 minutos), mas útil para quem quer entender de vez essa confusão do ponto de vista da política prática.

Herbert Passos Neto

Jornalista. Analista e ativista político.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários