Existe um lobby para tornar o Brasil o maior exportador de drogas no mundo, afirma senador

Na última quarta-feira, 1, o senador Eduardo Girão (Podemos), publicou em suas redes sociais fotos e um vídeo falando sobre cannabis e a “indústria” por trás da erva.

O senador citou um “lobby” da "indústria da maconha”, que comprou o Laboratório Público da Paraíba (Lifesa) e tinha a intenção de junto ao governo instaurar a produção de ‘canabidiol’ (derivado com o mesmo nome de umas das substâncias químicas encontradas na maconha).

O lobby citado tem a participação do ex-governador do estado da Paraíba, Ricardo Coutinho, segunda a Operação Calvário da Polícia Federal.

“O lobby da indústria da maconha é poderoso, intrigante e sórdido. O objetivo dele é tornar o Brasil — a qualquer custo — o maior produtor e exportador da droga no mundo” escreveu o senador.

Medicamentos a base de canabidiol foram liberados pelo governo no começo de dezembro de 2019.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários