‘Mensaleiros’ deverão receber o perdão da pena pelos crimes cometidos

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-deputado João Paulo Cunha (PT); o ex-deputado Romeu Queiroz (PTB), o ex-advogado de Marcos Valério, Rogério Tolentino e o ex-chefe da Casa Civil do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, José Dirceu, deverão receber do Supremo Tribunal Federal (STF) o perdão da pena imposta por envolvimento no esquema, com base no benefício concedido pelo indulto de Natal, assinado na semana passada pela presidente Dilma Rousseff.

A concessão ou não do pedido de perdão deve ser analisada pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator das execuções penais do mensalão na Corte.

No início deste ano, o ex-deputado do PT José Genoino, condenado no processo do mensalão, teve a pena extinta pelo STF com base no perdão previsto no indulto natalino. O ex-tesoureiro do PL Jacinto Lamas também já foi beneficiado pelo indulto.

Delúbio Soares, Romeu Queiroz, João Paulo Cunha e o advogado Rogério Tolentino já enviaram pedidos ao Supremo.

A defesa do ex-ministro José Dirceu, condenado no mensalão e preso preventivamente desde agosto na Operação Lava Jato, também irá pedir a concessão do benefício. A peça, contudo, ainda não foi encaminhada ao STF.

da Redação

                                                       https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Comentários