assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

PF prende ex-senador e tenta encurralar governador do Pará

Ler na área do assinante

Logo cedo, nesta quinta-feira (9), a Polícia Federal chegou na casa do ex-senador Luiz Otávio Campos, em Belém (PA) e efetuou a sua prisão.

O ex-senador desempenhou o seu mandato senatorial no período compreendido entre 1999 e 2006. Em 2016, Luiz Otávio foi indicado pela então presidente Dilma Rousseff para diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários, mas acabou não assumindo o cargo em razão do impeachment.

A nova investida contra a corrupção é mais um desdobramento da Lava Jato. Trata-se da Operação Fora da Caixa.

A PF mira o pagamento de 1,5 milhão de reais da Odebrecht para a campanha do governador do Pará Helder Barbalho, do MDB, em 2014.

A PF também pretendia fazer buscas em endereços do governador, mas a Justiça Eleitoral indeferiu o pedido.

Helder, como se sabe, pertence a uma dinastia que há muito tempo comanda a política paraense, sempre envolvida em casos escabrosos de corrupção e impune.

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários