E agora Toffoli? Deputado sugere filme de ministros do STF viciados em cocaína

A esdrúxula decisão do ministro Dias Toffoli permitindo a exibição do filme “A Primeira Tentação de Cristo”, sob o argumento da “liberdade de expressão” pode definitivamente se constituir na verdadeira “pá de cal” da desmoralização plena do Supremo Tribunal Federal (STF).

Decidir em total confronto com os anseios da sociedade, para atender a um pequeno grupo, é algo extremamente perigoso.

Parece que foi exatamente isto que fez o ministro.

Um exemplo do que pode vir pela frente, fica claro numa postagem nas redes sociais do deputado Bibo Nunes.

O parlamentar questionou Toffoli:

“Eu quero saber se for produzido um filme pela produtora Porta dos Fundos, mostrando o Presidente do STF como gay e os outros Ministros como viciados em cocaína, se vão aceitar como cultura?
E se vão querer impedir que a Netflix exiba o filme!
Que façam esse filme!!!
E aí???”

A insensatez do presidente do STF vai fatalmente trazer reflexos duros.

É necessário que se reponha a ordem.

E agora Toffoli?

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários