Ante as evidências, Irã admite ter derrubado “por engano” o avião da Ucrânia

Inadmissível. Um absurdo inaceitável que a “confissão” não diminui em absolutamente nada a gravidade, a dor e a tragédia.

O Irã admitiu ter derrubado “por engano” o avião da Ucrânia, provocando a morte de todos os seus ocupantes, 176 pessoas.

Para tanto, os iranianos alegam que houve “erro humano” na operação.

O presidente do país em publicação no Twitter disse o seguinte:

“A investigação interna das Forças Armadas concluiu que, infelizmente, mísseis disparados devido a erro humano causaram o terrível acidente do avião ucraniano e a morte de 176 pessoas inocentes.
As investigações continuam para identificar e processar (os responsáveis por) essa grande tragédia e erro imperdoável.”

Imaginem se o “erro humano” fosse americano?

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários