Na Itália, “Bolsa Família” tem sistema anti-fraude: beneficiário tem que trabalhar para o município

Na Itália, uma nova regra entrou em vigor nesta segunda-feira, 13, trata-se do programa Renda de Cidadania (Reddito di cittadinanza), uma espécie de Bolsa Família italiano.

A nova regra em questão, obriga a beneficiários do programa a trabalhar para seus municípios em troca do Renda de Cidadania. Pelo menos um membro de cada rede familiar, tem que colaborar com no mínimo oito horas semanais de serviços. Quem não cumprir a norma perde o benefício.

As atividades são voltadas a projetos úteis à comunidade nas áreas culturais, de atividades artísticas, do meio ambiente e de proteção e conservação de bens comuns.

Enquanto no Brasil registramos inúmeros casos de fraudes no Bolsa Família, enraizados por governos petistas, na Itália, esses golpes não existirão mais, pois tendo em vista a obrigação do trabalho para receber os benefícios, fraudadores não terão vez.

da Redação

Comentários