assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

Folião alerta: Desfile da Mangueira será ainda mais ofensivo a cristãos do que Porta dos Fundos (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A escola de samba Estação Primeira da Mangueira, promete criar ainda mais polêmica em seu desfile deste ano. Em 2019, a escola de samba ‘homenageou’ a vereadora morta, Marielle Franco e criticou a ditadura militar.

A Mangueira já anunciou que trará a imagem de Jesus totalmente desconfigurado em comparação a imagem que está na Bíblia. A ideia da escola é distorcer completamente a imagem tradicional de Cristo.

Será uma das maiores ofensas já proferidas a adeptos do cristianismo.

No ano passado, a escola Gaviões da Fiel, trouxe Satanás humilhando Jesus.

Veja o vídeo:

O samba enredo da Mangueira já foi lançado e partes da composição chamam a atenção, por proferir suposições em nome de Cristo.

“Rosto negro, sangue índio, corpo de mulher, moleque pelintra do buraco quente, meu nome é Jesus da gente”, diz o enredo.

A Mangueira infelizmente tem se notabilizado, nos últimos tempos, por criar esses tipos de polêmicas. Marielle, ditadura e agora afronta ao cristianismo, todos os assuntos pautados são de origem “esquerdista”, tentando impor a ideologia em rede nacional.

E para piorar a situação, para representar essa imagem dilacerada de Jesus na Sapucaí, o pseudo pastor, Henrique Vieira foi convidado, e aceitou. As igrejas estão criticando sem parar a postura de Henrique. Líderes religiosos afirmaram que o mesmo não pode ser considerado pastor.

Um vídeo de um folião, está repercutindo nas redes sociais nos últimos dias. Na gravação o rapaz fala sobre a indignação com a situação e que cristãos que estarão na Sapucaí serão obrigados a ver e ouvir aquela patifaria toda.

Confira o desabafo do folião:

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários