DPVAT: Auditoria confirma ligação da Líder com ministros do STF e Toffoli não comenta o caso

Um auditoria realizada pela KPMG, nas contas da seguradora Líder, mostrou a relação da seguradora com pessoas próximas a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e inclusive com o presidente do STF, Dias Toffoli.

A seguradora Líder é a gestora do seguro de Danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre (DPVAT).

As auditorias, mostraram movimentações bancárias da Líder para conta de empresas cujo os sócios, têm ou já tiveram contatos com os ministros.

Uma das conexões da seguradora é com o advogado Mauro Hauschild. O advogado já atuou com assessor de Dias Toffoli, no STF. Na época, Toffoli ainda não presidia o Supremo.

Segundo a KPMG, entre 2012 e 2016, Hauschild recebeu em torno de R$ 3 milhões da seguradora Líder.

Dias Toffoli não quis se pronunciar sobre o assunto e sua assessoria afirmou apenas que “o relatório menciona ex-assessor em datas em que ele já não trabalhava mais no gabinete do ministro”.

A auditoria explica muita coisa, dia após dia as mascaras vão caindo e novas informações vão aparecendo.

da Redação

Comentários