Bolsonaro exonera secretário da Cultura devido a “pronunciamento infeliz”

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira, 17, a demissão do secretário da Cultura, Roberto Alvim. A exoneração se deu devido ao infeliz pronunciamento do agora ex-secretário, que parafraseou uma citação de Joseph Goebbels, ministro de propaganda da Alemanha nazista. Alvim já pediu desculpas pelo fato.

Porém, segundo Bolsonaro, ficou insustentável a sua permanência.

“Comunico o desligamento de Roberto Alvim da Secretaria de Cultura do Governo. Um pronunciamento infeliz. [...] Reitero nosso repúdio às ideologias totalitárias e genocidas, bem como qualquer tipo de ilação às mesmas. Manifestamos também nosso total e irrestrito apoio à comunidade judaica, da qual somos amigos e compartilhamos valores em comum”, afirmou o presidente.
da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários