Após fuga do PCC, Moro afirma: “Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal”

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro afirmou - através de suas redes sociais - que os bandidos integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) que fugiram do Presídio de Pedro Juan Caballero, na fronteira entre Paraguai e Brasil através de um túnel, terão passagem “só de ida para o presídio federal” se capturados em solo brasileiro.

“Estamos trabalhando junto com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram da prisão do Paraguai. Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal”, escreveu Moro.

O ministro declarou apoio ao Paraguai, reiterando a forte parceria entre os dois países.

“Estamos à disposição também para ajudar o Paraguai na recaptura desses criminosos. O Paraguai tem sido um grande parceiro na luta contra o crime”, concluiu o ex-juiz da Lava Jato.

Confira a postagem:

da Redação

Comentários