Janaína Paschoal repudia a extrema imprensa e sai em defesa de Moro e Bolsonaro

Nesta terça-feira, 21, a deputada Janaína Paschoal (PSL) publicou em suas rede sociais críticas à imprensa ligada a esquerda e saiu em defesa do ministro da Justiça, Sérgio Moro e do presidente Jair Bolsonaro.

“Eu acho graça, leio aqui e ali que Moro é submisso a Bolsonaro, que Moro ‘confessou’ que não questiona Bolsonaro em público. Blá, blá, blá…[...] Eu não me lembro de jornalistas perguntarem aos ministros de Lula, por qual razão não o questionavam sobre o mensalão. Também não lembro de jornalistas perguntarem aos ministros de Dilma, por qual motivo não se constrangiam com o patrocínio de ditaduras”, escreveu a deputada.

Janaína salientou que a extrema imprensa quer constranger Moro para que o ministro saia e deixe o caminho aberto para colocar alguém que compactue com os desmandos de sempre e para que ele entre em confronto com Bolsonaro, visando uma demissão de seu atual cargo.

“Chega a ser cômico constatar a diferença dispensada a um governo de esquerda e a um governo de direita. Não, não estou atacando a Imprensa, estou fazendo uma crítica construtiva. Para reflexão, apenas para reflexão”, concluiu Janaína.

Confira a publicação:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários