Vergonhosamente Maia se junta a Manu, Dilma e Lula e sai "correndo" na defesa de Glenn

O deputado federal e atual presidente Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, saiu em defesa do pseudo jornalista Glenn Greenwald, através de sua redes sociais.

Maia se juntou a cúpula petista e não aprovou a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra Glenn e mais seis envolvidos.

“A denúncia contra o jornalista Glenn Greenwald é uma ameaça à liberdade de imprensa. Jornalismo não é crime. Sem jornalismo livre não há democracia”, escreveu o deputado.

O pseudo jornalista foi denunciado por 126 condutas criminosas.

Além de Rodrigo Maia, o ex-presidiário Lula, a comunista Manuela D'Ávila e a ex-presidente Dilma Rousseff também criticaram a ação do MPF.

Confira as publicações:

da Redação

Comentários