O azar de Glenn: Acabou o plantão de Toffoli

Os advogados de Glenn Greenwald, denunciado em 126 condutas criminosas pela Procuradoria da República do Distrito Federal, decidiram não levar nenhuma reclamação sobre o caso para apreciação do plantão do Supremo Tribunal Federal (STF).

O motivo é óbvio. Dias Toffoli deixou o plantão e, em seu lugar, assumiu o vice-presidente do STF, ministro Luiz Fux.

Estrategicamente, a defesa do pseudo jornalista vai aguardar o fim do recesso para encaminhar a reclamação, que deverá ser apreciada pelo relator do caso, Gilmar Mendes.

O detalhe é que, nesse interregno de tempo, a denúncia pode vir a ser aceita pela Justiça Federal, dando início ao processo-crime.

Glenn trava uma guerra contra o relógio.

São novas nuances desse embate constante das forças do bem, que lutam contra a criminalidade, contra aqueles que tentam atravancar o estabelecimento da verdadeira justiça.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários