Entrada do Brasil na OCDE se aproxima e a expectativa positiva para economia cresce

A entrada do Brasil na Organização para Cooperação de Desenvolvimento Econômico (OCDE) pode estar mais perto do que o previsto.

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump já reiterou o seu forte apoio para o ingresso do Brasil na organização.

Segundo o secretário-geral da OCDE, José Ángel Gurría a entrada do Brasil pode ser debatida no próximo dia 05 de fevereiro.

“O assunto não está na pauta, então não necessariamente falaremos de novas acessões, mas é possível”, disse o secretário.

Trump no último ano estava apoiando a Argentina, entretanto com a chegada da esquerda na presidência do país, o presidente americano declarou apoio total ao Brasil, deixando os ‘hermanos’ para trás.

O secretário da entidade enfatizou o bom trabalho que está sendo feito pelo presidente Jair Bolsonaro.

"O que o Brasil fez de muito bom é que não parou, não parou, não parou... Eu sempre disse para o Brasil que não precisava parar para fazer (as adequações) no momento oficial, mas o Brasil já começou", afirmou José Ángel Gurría.

A OCDE, é uma organização formada por países com elevado PIB per capita (ricos). Também é avaliado o Índice de Desenvolvimento Humano e se são considerados países desenvolvidos, atualmente é composto por 36 países membros, entre eles EUA, Japão e Austrália.

O principal intuito da OCDE é no sentido de que haja cooperação e fortalecimento entre os países membros, os mais ricos do mundo.

Será mais uma grande conquista do governo Bolsonaro visando o crescimento da nossa economia.

da Redação

Comentários