Maiara e Maraísa e a indenização milionária em processo contra a Folha

As cantoras Maiara e Maraísa comunicaram que irão processar a jornal Folha de S.Paulo e os demais envolvidos na produção da covarde matéria publicada na coluna do pseudo escritor e falso cristão, Anderson França.

A matéria em questão fala sobre classe artística que não se pronunciou sobre a declaração do ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim em que faz um discurso com alguma semelhança ao de Goebbels, ministro de propaganda de Adolf Hitler.

Covardemente, a coluna dá entender que os artistas são ‘nazistas’. Inclusive, traz uma ilustração de Maiara e Maraísa, com uma das cantoras com uma suástica em seu braço. A ilustração já foi retirada pela Folha, entretanto a matéria ofensiva ainda está no ar.

Em sua nota de repúdio a assessoria de imprensa das artistas escreveu:

“Em tempos onde alimentar o ódio na web virou rotina, nos deparamos com tamanho absurdo. Associar a dupla ao nazismo é uma grande irresponsabilidade e uma agressão as cantoras que repudiam toda e qualquer atitude que remeta a essa época tão sombria da história."

O colunista ainda reiterou o seu mau-caratismo em suas redes sociais.

A gravidade do ataque foi catastrófica, pois ofendeu milhões de fãs da dupla. A imagem circulou o mundo e descaracterizou a imagem positiva prezada pelas artistas desde o início de carreira.

De origem humilde, as cantoras sempre se basearam na simplicidade, educação e respeito com o público. A Folha sequer teve preocupação com as cantoras e seus familiares, pois só retirou a ilustração do ar depois de ela já ter ultrapassado fronteiras.

“Diante de tamanha agressão e irresponsabilidade, o departamento jurídico das artistas já foi acionado para que os responsáveis respondam pelos seus atos”, pontuou a nota.

Confira a íntegra Nota de Repúdio:

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários