Rodrigo Maia, um mero e tendencioso comentarista de botequim

Ler na área do assinante

Rodrigo Maia se transformou em um típico comentarista político de quinta categoria, de botequim (cheio de pinga na cara).

Em um espaço de 24 horas, criticou o ajuizamento de Ação Penal pelo MPF contra o gringo Verdevaldo, e a concessão de medida cautelar pelo Ministro Fux suspendendo a lei do juiz de garantias.

Ele (Rodrigo Maia) ENVERGONHA o Parlamento, ao cometer um ataque grosseiro a outro Poder da República e atentar contra a democracia que ele diz respeitar.

Trata-se de um indivíduo “redondamente” despreparado para o cargo que ocupa, que tem uma “fome de Poder” desumana, e que, se não estivéssemos no Brasil, não seria eleito nem para inspetor de colégio em qualquer país decente que se preze.

Ler comentários e comentar