Com recuperação econômica, número de pedidos de falência é o menor em mais de 10 anos

O Serasa divulgou na última sexta-feira, 24, os números do indicar Serasa Experian de Falências e Recuperações Judiciais. Os resultados, mais uma vez, somam-se à pilha de boas notícias para o governo no âmbito da economia.

De acordo com os dados, houve uma queda de 2,9% no total de requisições de falência: foram 1.417 contra 1.459 em 2018. Os pedidos de recuperação judicial, por sua vez, apresentaram queda de 1,5%, sendo 1.387 em 2019 contra 1408 em 2018.

Quanto as falências, é o menor número de requisições em mais de 10 anos.

O economista do Serasa Experian, Luiz Rabi, explica que o índice ainda foi puxado para cima em função da quebra de grandes empresas de construção civil e do setor editorial. Entre as gigantes, o índice teve alta.

“O crescimento das grandes empresas vai na contramão da tendência geral por conta de pedidos específicos de empresas relevantes dos setores de construção civil e editorial. Se não essa questão, os pedidos teriam caído também”

Rabi também avalia que os novos rumos da economia sob a administração Bolsonaro são os responsáveis pelas boas notícias:

“A queda nos pedidos de recuperação judicial reflete a melhora da economia em 2019, reforçada pelas reduções nas taxas de juros.”

O índice é construído a partir do levantamento mensal das estatísticas de falências e das recuperações judiciais e extrajudiciais provenientes dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados.

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários