Direto de Washington: Tudo sobre o impeachment de Donald Trump (veja o vídeo)

Nos Estados Unidos, o assunto do momento é o processo de impeachment do presidente republicano Donald Trump. Nos noticiários, redes sociais e nas ruas não há outro assunto.

Para entendermos todo esse processo, precisamos voltar no dia 25 de julho de 2019, quando Trump ligou para o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, onde trataram diversos assuntos, entre eles um pedido para que Zelensky cooperasse com seu advogado em uma investigação envolvendo Hunter Biden, filho de Joe Biden, vice-presidente de Barack Obama em seus dois mandatos e pré-candidato democrata à presidência em 2020.

Dois dias após essa ligação, um pacote de ajuda militar americana direcionado aos ucranianos foi aprovado.

Isso gerou um pulga atrás da orelha de um agente de inteligência americana que guardou essas informações até 12 de agosto e fez uma denúncia formal à câmara dos deputados dos Estados Unidos, a qual foi aceita e teve seu inquérito instaurado no dia 24 de setembro.

Já em novembro Nancy Pelosi, “Speaker of the House of Representatives” (tem poderes similares ao presidente do congresso, no brasil) anunciou que 6 comitês (similar às comissões no parlamento brasileiro) iniciariam investigações simultaneamente para encontrarem indícios para impedir o presidente americano.

Após acharem indícios que o presidente teria prevaricado do cargo, enviaram para o Comitê Judiciário (assemelha à CCJ no congresso brasileiro), o qual também acatou as denúncias de irregularidades e enviou ao plenário da câmara dos deputados, o qual também aprovou, por um placar de 230 x 197.

A bola da vez está no senado americano, os senadores já votaram as regras para a votação do impeachment. Agora está na fase final, a expectativa é que seja votada ainda essa semana, vale lembrar que o partido de Trump tem maioria no senado, são 53 senadores de um total de 100.

A defesa de Trump tenta evitar ao máximo daquilo que eles chamam de “maior caças as bruxas da história dos EUA”, enquanto a oposição tenta de qualquer forma impedir que o Chefe de Estado americano possa de reeleger por meio desse processo de impeachment.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários

Notícias relacionadas