Mensagens em celular de ex-presidente da OAS revelam 'parceria' da empreiteira com 'Brahma'

O conteúdo das mensagens encontradas no celular do ex-presidente da OAS é mais um complicador de natureza bastante grave para o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. 'Brahma' é Lula, e nas mensagens Léo Pinheiro conversa com funcionários para decidir detalhes de idas do petista ao exterior e também cita a ajuda dele em obras da empresa.
Além de Lula, mais de 20 políticos são mencionados. Um outro político que chama a atenção, é o atual ministro-chefe da Casa Civil Jaques Wagner (PT).
Em um dos textos, está escrito que 'o Brahma quer fazer a palestra entre os dias 24 e 26 de novembro de 2013 em Santiago'. "Leo, colocamos o avião à disposição de Lula para sair amanhã ao meio-dia. Seria bom você checar com Paulo Okamotto [presidente do Instituto Lula] se é conveniente irmos no mesmo avião", diz outra mensagem.
Depois, Léo Pinheiro fala com um funcionário que o ex-presidente está "procurando saber" de obras que a OAS tocava no Chile, mas não revela o motivo.
O que realmente impressiona é a proximidade de Lula com o empreiteira, a facilidade com que os problemas eram resolvidos e a disponiblidade da empresa em servir o ex-presidente, o que leva a imediata dedução de que fatalmente recebia algo em troca e de que havia uma contrapartida, fato que fica evidenciado nas próprias mensagens, quando a ajuda de Lula em obras é decantada.
da Redação

                                    https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política